Confira as Soluções que a RTA disponibiliza!

Filtro Ativo de Harmônicas: Peça o Seu Orçamento!

Segundo a edição da Folha de São Paulo em 10/08/11, o Brasil tem a quarta energia mais cara do mundo, e sabemos que a contrapartida não é um padrão Premium de qualidade.

Isto acontece devido aos problemas de distribuição e a falta de regulação para quem distribui, e para também quem usa, causando desperdícios pagos por todos ( consumidores diretos e indiretos).

Diretamente- Não existe controle da emissão de harmônicos, tampouco legislação clara de como medir o fator de potência, que hoje não é só o fator de deslocamento, e sim a poluição gradativa da rede pela inclusão de cargas mal comportadas, desde lâmpadas fluorescentes compactas a grandes inversores de motores.

Desta forma se usa mal a energia, pois não há regulação que aumente a qualidade dos equipamentos a serem conectados a rede.

 

Indiretamente – Quando pagamos o uso ou a manutenção da base termoelétrica como segurança contra o “apagão”, mais os encargos da geração, cada vez mais distante do ponto de consumo e;

-Quando pagamos mais por produtos que tem como insumo a energia, e muitas vezes, torna o produto importado mais barato, gerando os desequilíbrios da balança comercial.

 

Ações para racionalizar a energia:

Baseado em programas, normas e projetos de países onde o uso da energia é racionalizado, por normas de performance e qualidade, também dos equipamentos usuários desta energia, detectamos os grandes pontos de ataque para a geração de economia:

 

  • Eliminação das variações de tensão, principalmente as sobre tensões, que causam aquecimentos e perdas térmicas em cargas não lineares, como fontes, motores, lâmpadas, etc.

 

  • Eliminação dos harmônicos circulantes na rede elétrica do cliente, e exportados, via concessionária, para a rede em geral, notadamente vizinhos, desde residências até fábricas. Os geradores de harmônicos como motores, inversores, iluminação, fornos a arco e indução, entre outros, também são vítimas, assim como os cabos e quadros elétricos de toda a instalação.

 

  • Correção do fator de potência de forma inteligente e racional. Não basta adicionar bancos de capacitores que podem estar superaquecidos ou em ressonância, causando uma perda térmica em kWh igual ou maior que a multa pela energia reativa excedente, conhecida, entre outros nomes, como UFER.
  • Instalações sobre dimensionadas ou subdimensionadas, ou aquecem muito, ou gastam muita energia em “vazio”. O ideal é ter uma base de equipamentos equilibrados com os transformadores e conversores inseridos no sistema.Qual é o consumo em vazio de qualquer equipamento alimentado com energia elétrica?

 

Produtos que resolvem o problema:
A RTA desenvolve e fabrica soluções como Filtros Ativos e Nobreaks de alto rendimento, que buscam eliminar o desperdício , trazendo ganhos diretos e indiretos de economia.

 

Confira aqui a solução para a eliminação de multas por baixo fator de potência:

FILTRO ATIVO DE HARMÔNICAS.

RTA – Qualidade de Energia é o nosso Negócio!